Da passagem pelo Rio…

Apesar de não ter feito fotos em todos os lugares que passamos, vale a pena o registro:

O "nosso" feijão tropeiro do Gula gula

O "nosso" feijão tropeiro do Gula gula

GASTRONOMIA BOSSA NOVA – No primeiro dia da viagem, fomos comer no Gula gula de Ipanema, que já é praticamente uma instituição no Rio de Janeiro. Não é necessáriamente uma novidade para mim, mas sempre é muito bom voltar lá. Grata surpresa foi conhecer o cardápio novo do restaurante, que dá aquela incrementada na culinária tipicamente nacional. Desta vez, escolhi o “Nosso” baião de dois. Prato que reinventa a receita acrescentando arroz negro, feijão de corda, carne seca e linguiça calabresa “puxadinhos ” na frigideira com cubos de queijo coalho e couve frita. Vale muito experimentar, mesmo que você tenha saído da terra do baião de dois.

CREPE INDIANO – Na linha natureba que dá o tom de Ipanema, fomos conhecer o Líquido, restaurante de cozinha rápida que fica na Rua Barão da Torre, em frente à praça Nossa Senhora da Paz. Bem transadinho o lugar, o destaque fica por conta das dosas, crepes indianos feitos com massa de farinha de arroz basmati e lentilha e que podem levar ingredientes como frango ao curry, atum com castanha de caju, lâminas de abacate, tudo acompanhado de chutney de goiaba, manga ou tomate. Pra acompanhar, peça um sucão de 500ml. Ainda há opções de chás com gelo de suco de fruta.

Milk shake dos bons: mais sorvete que leite

DEPOIS DO SHOW – Como o propósito maior da viagem foi assisitir ao show da Madonna, não poderia deixar de citá-lo aqui. Mas vai ser bem en passant, até porque o que interessa mesmo é o que comemos depois de tanto pular na chuva. Pois bem, a opção “recuperar as energias” da viagem foi o Bibi Sucos. Como estava com desejo de comer um sanduíche que levasse abacaxi desde que cheguei, a pedida foi perfeita. Pedi um exagerado sanduba de filé (com queijo prato e abacaxi grelhado) com batata frita. Para acompanhar um milk shake de chocolate com bastante calda – porque ninguém é obrigado a passar tanto tempo light!!!

44 sabores para ficar indeciso

Sorvete Itália: 44 sabores para ficar indeciso

GLICOSE GELADA – Agora vem a hora das sobremesas. Apesar da chuva que insistia em cair o tempo todo, paramos em duas sorveterias que eu indico (também em Ipanema, já que nosso circuito ficou um pouco restrito). Sorvete Itália, que tem um de chocolate com amêndoas imperdível e um picolé de doce de leite bom demais.   A segunda foi a Sorveteria Brasil – é daquelas boas para quem curte sorvete de frutas… Parafraseando AnaQ:  para doces eu também tenho paladar infantil, então fiquei no chocolate de novo!

1 Response to “Da passagem pelo Rio…”


  1. 1 AnaQ janeiro 4, 2009 às 7:41 pm

    Né não? Se for tomar sorvete de frutas eu tomo logo um suco.. Ou boto a fruta na geladeira… ôxe!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Calendário

janeiro 2009
S T Q Q S S D
« dez   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Twitando

Cardápio

Já comentaram

Ju em Para salvar a noite
JOSÉ CARLOS em A massinha
Bia em Receita do cheese cake de fram…
Nilza em A pedidos, doces…
gustavo em Hola amigos!

mais acessados

  • Nenhum

Páginas


%d blogueiros gostam disto: