Oficina: quase uma instituição

Falar da Oficina do Sabor, em Olinda, é quase que cair no lugar comum. Não tem jeito. César Santos é unanimidade, as comidas, idem, e o local, nem se comenta. Eis que na terça-feira passada recebi uma intimação irresistível para ir conhecer o cardápio montado pela chef convidada Dulce Helena Martinez (Le Foyer – SP), para o Festival Gastronômico de Pernambuco.

 

Queijo coalho com ervas para abrir o apetite

Queijo coalho com ervas para abrir o apetite

Os detalhes e as fotos eu boto depois, porque acabaram de me ligar dizendo que se eu não corresse, perderia o segundo dia da “arena popular” que está rolando lá na Torre Malakoff, no Recife Antigo. Hoje é o dia do Macarrão, então já viu… Massa nele! 

Até daqui a pouco!

0 Responses to “Oficina: quase uma instituição”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Calendário

outubro 2008
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Twitando

Cardápio

Já comentaram

Ju em Para salvar a noite
JOSÉ CARLOS em A massinha
Bia em Receita do cheese cake de fram…
Nilza em A pedidos, doces…
gustavo em Hola amigos!

mais acessados

  • Nenhum

Páginas


%d blogueiros gostam disto: